Informativo semanal de noticias

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

HTH amplia operações em Igarassu e investe R$ 40 milhões


Única fábrica de cloro para piscina da América do Sul, a hth está ampliando suas operações em Igarassu. A planta pernambucana recebeu um investimento de R$ 40 milhões para produzir 35% mais. Com isso, deve se tornar autossuficiente na produção de hipoclorito de cálcio, o famoso cloro para piscina, podendo abastecer todo o mercado brasileiro e até exportar.
“Vamos tirar um gargalo de produção. Hoje, temos demanda reprimida. Importamos da nossa fábrica dos Estados Unidos para atender o mercado brasileiro. Mas, com a ampliação, ficaremos autossuficientes e poderemos expandir nossas operações no Chile, Paraguai e Argentina, exportando até 20% da nossa produção”, contou o diretor de negócios da hth no Brasil, Gustavo Figueiredo.

Ele explicou que a hth é líder brasileira e mundial em tratamento de piscina e pertence à multinacional suíça Lon­za, que também conta com uma fábrica em Salto (SP). “Quando penso em hth e em produtos fortes para piscina, penso em Igarassu. É que o hipoclorito de cálcio representa de 70% a 80% de tudo que é colocado na piscina e 100% desse produto vem de Igarassu. Em Salto, fazemos apenas produtos auxiliares”, detalhou, lembrando que as outras marcas do setor importam o hipoclorito da China para vender no Brasil.
A planta pernambucana foi construída na década de 1980 e, por ser a única deste segmento no País, já passou por três ampliações. Nenhuma, no entanto, foi tão grande co­mo esta. Para se ter uma ideia, o projeto teve início em março do ano passado e só será concluído em junho deste ano. “Tivemos que importar muitos equipamentos e ampliar o estoque. Então, a inauguração está marcada para 1º de julho”, antecipou Figueiredo.
Fonte: Folha de Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário