Informativo semanal de noticias

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

IGARASSU: Projetos da BR-101 e do Miniarco avançam

Obras devem contribuir para desafogar o tráfego de Igarassu até Jaboatão



Obra de requalificação da BR-101 foi orçada em R$ 241 milhões e será feita em etapas
Obra de requalificação da BR-101 foi orçada em R$ 241 milhões e será feita em etapasFoto: Clemilson campos/arquivo folha




















Duas importantes obras viárias da Região Metropolitana do Recife tiveram avanços esta semana. Após a escolha do consórcio Andrade Guedes/Astep para a execução da obra, ontem, a requalificação da BR-101 no trecho entre Paulista e Jaboatão dos Guararapes deve ser iniciada ainda em março deste ano, com conclusão prevista para outubro de 2018.

Já as obras do Miniarco, em Abreu e Lima e Igarassu, recebem ho­je o aval da Comissão de Lici­tação da Secretaria Estadual de Transportes (Setra) pa­ra que as quatro empresas interessadas executem os estudos de viabilidade econômica junto com um modelo de concessão. O prazo para entrega é de 180 dias, mas o presidente da comissão, Luiz Alberto Araújo, acredita que os interessados cumprirão as exigências antes e que a obra terá início entre os meses de maio e junho.
Segundo Araújo, a homologação do resultado da licitação deve sair até o próximo dia 26. "Como o consórcio já está em atividade, fazendo a manutenção da própria BR, a etapa de preparação para a construção não vai demorar muito", comentou Araújo. Ainda de acordo com ele, a obra foi orçada em R$ 241 milhões e terá a execução dividida em etapas, com o pagamento sendo feito a cada conclusão.

No lançamento do projeto, o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, havia informado que a divisão ocorreria em quatro partes, sendo a primeira entre o hospital Miguel Arraes e a avenida Caxangá, a segunda até o Ceasa, a terceira é até as proximidades da fábrica da Coca-Cola, em Prazeres, além de um trecho da avenida Recife.
O contorno tem extensão de 30,4 quilômetros (Km), nos quais haverá a substituição da pista atual por uma nova. Além disso, prevê a requalificação de aproximadamente 28 km de todos os acessos à rodovia e a implantação de nova passarela de pedestres em frente ao hospital das Clínicas, na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Já o Miniarco custará R$ 160 milhões e será uma alternativa pedagiada entre o hospital Miguel Arraes, em Paulista, e o Terminal Integrado de Igarassu, por onde deverão passar cerca de 49 mil veículos por dia.
Fonte: Folha de Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário