Informativo semanal de noticias

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Frente Contra o Crack da Alepe vai vistoriar Presídio de Igarassu

Coordenador da Frente Parlamentar, Professor Lupércio (SD) busca formas de viabilizar proposta de alas para dependentes químicos em presídios / Foto: divulgação
Coordenador da Frente Parlamentar, Professor Lupércio (SD) busca formas de viabilizar proposta de alas para dependentes químicos em presídios
Foto: divulgação
Da Editoria de Política
A Frente Parlamentar Contra o Crack da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) promete vistoriar o Presídio de Igarassu na manhã desta terça-feira (31) para tentar verificar se há a possibilidade de criar um espaço para a reabilitação de dependentes químicos na unidade prisional.

A proposta de separar alas para o tratamento de dependente químicos parte do deputado Professor Lupércio (SD), coordenador da frente, e também seria aplicada em outros presídios. O grupo já visitou o Centro de Observação Criminológica e Triagem Professor Everaldo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, a Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, e o Presídio Frei Damião de Bozzano, localizado no Complexo Prisional do Curado.
Um projeto de Lei propondo a criação das alas chegou a ser protocolado na Alepe, mas foi barrado pela COmissão de Contituição e Justiça por gerar despesas para o Estado; já que os deputados não podem legislar sobre matéria financeira.

Lupércio, que estuda uma revisão no texto para que ele volte a ser apresentado, defende que a iniciativa pode contar com trabalhadores voluntários, como já acontece nas comunidades terapêuticas que trabalham com dependentes químicos.
Com base nas vistorias já realizadas, o parlamentar também defende que é possível utilizar áreas já existentes nos presídios, por meio de uma reorganização, sem necessariamente construir novas dependências, o que evitaria custo em obras.
Além de Lupércio, a frente é formada pelos deputados estaduais Adalto Santos (PSB), André Ferreira (PSC), Joel da Harpa (PTN), Miguel Coelho (PSB), Cleiton Collins (PP), Priscila Krause (DEM), Raquel Lyra (PSDB) e Ricardo Costa (PMDB).

Fonte: Jornal do Comercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário