Informativo semanal de noticias

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Lei estadual concede isenção de multas e juros de IPVA para donos de motocicletas em Pernambuco


Desconto é válido para proprietários de motocicletas cujo IPVA não foi pago até 30 de novembro de 2017 (Foto: Andrea França/G1)
O governo de Pernambuco sancionou, nesta quarta-feira (13), uma lei que concede isenção de 100% de multas aplicadas devido ao atraso do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de motocicletas. De acordo com a administração estadual, a medida é válida para proprietários com débitos até 30 de novembro de 2017 que ainda não receberam notificação. Segundo a lei, os motoristas podem regularizar a situação dos débitos tributários com a isenção de multas e juros provenientes do atraso até o dia 28 de dezembro.
O pagamento deve ser feito integralmente, à vista, do total devido de IPVA. As pendências podem ser regularizadas através de boletos, retirados exclusivamente pelo site do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). Quando emitido, o boleto já dispensa o valor dos juros e das multas. Caso haja algum questionamento administrativo ou judicial em tramitação, o contribuinte precisa desistir do procedimento para ter direito aos benefícios.
Segundo o governo de Pernambuco, a medida busca tirar proprietários de motocicletas da situação de inadimplência e garantir a regularização da frota dos veículos do estado. Atualmente, de acordo com o Poder Executivo, há quase um milhão de motocicletas emplacadas em Pernambuco.
Empresas terceirizadas de transporte
Através de outra lei publicada nesta quarta (13), o governo de Pernambuco decidiu reduzir em 50% o IPVA de 2018 para veículos de empresas terceirizadas de transporte. Estão contemplados automóveis movidos a diesel, com capacidade para transportar 12 ou mais passageiros, e que tenham, pelo menos, 70% do faturamento anual composto por serviços de transporte de funcionários para outras empresas.

Fonte: G1 PE

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Programa oferece 1.300 bolsas de estudo em instituições de ensino superior municipais em Pernambuco


Bolsas contemplarão estudantes de ciência e tecnologia em Pernambuco (Foto: Fabio Rodrigues/G1)
Uma portaria da secretaria de Ciência e Tecnologia, publicada no Diário Oficial desta terça-feira (12), detalha a oferta de 1.300 bolsas de estudo para o Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe). De acordo com o edital, terão prioridade as áreas de ciência, tecnologia, engenharia, matemática e computação. As inscrições gratuitas começam na segunda-feira (18).

As mudanças no programa, com prioridade para cursos de ciências exatas , foram anunciadas pelo governo estadual em outubro. Podem participar do Proupe universitários de escolas públicas e privadas (em caso de bolsa integral), bem como professores efetivos da rede pública de ensino e que não estejam licenciados.

Os interessados podem realizar o cadastro até 3 de janeiro pelo site da Secretaria de Ciência e Tecnologia. Participam do programa as autarquias municipais de ensino superior, sem fins lucrativos, no interior pernambucano.

Após a inscrição inicial feita pelo site, o candidato deve validar presencialmente o cadastro, com a entrega de documentos pessoais, como identidade e CPF, além de comprovante de inscrição, original e cópia do documento citado no cadastro, comprovante da nota escolar usada para a seleção.

Para os cursos de matemática, física, química, biologia, além de engenharias, informática, estatística e de tecnólogo as bolsas são de R$ 245. Para os demais, o valor ficará em R$ 135. Os valores são repassadas às autarquias, que vão abater esse montante das mensalidades dos candidatos aprovados.
Processo

Os candidatos serão selecionados por nota. As autarquias terão até 9 de janeiro de 2018 para inserção da nota final de cada candidato no sistema do programa. O resultado dos bolsistas contemplados será divulgado em 25 de janeiro também pelo site da secretaria.
História

Criado há seis anos, o Proupe concede bolsas de estudo para alunos do Ensino Superior em autarquias municipais sem fins lucrativos. A nova lei também estabelece a nota mínima de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para selecionar alunos.

O Proupe atendeu uma média mensal de 8.800 alunos. O investimento, nesse período, chegou a R$ 100 milhões. A partir de 2018, 60% das bolsas serão destinadas às áreas de ciências. Em 2020, esse percentual subirá para 70%.

De acordo com o governo do estado, a mudança no programa, que alterou a Lei Estadual nº 14.430, de setembro de 2011, toma como ponto de partida “a necessidade de preparar os pernambucanos para as transformações globais, assegurando condições para uma economia e sociedade digitais aptas a elevar a qualidade de vida e garantir o desenvolvimento econômico das gerações”.

Fonte: G1 PE

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Segurança e lotação de BRTs no Grande Recife estão entre principais reclamações de passageiros, diz pesquisa

Ônibus BRT passando na rodovia PE-15, em Olinda (Foto: Marina Meireles/G1)

Ônibus BRT passando na rodovia PE-15, em Olinda (Foto: Marina Meireles/G1)
Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP) mostra que, entre as principais reclamações dos passageiros do Sistema Via Livre BRT no Grande Recife, estão a segurança pública, a lotação dos veículos e o serviço ao fim de semana e à noite. Segundo os pesquisadores, ações simples como a garantia de um corredor exclusivo já resultariam numa melhor avaliação do serviço.
O Instituto, que apresentou os resultados do trabalho nesta segunda-feira (4), ouviu mais de mil usuários do BRT na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a pesquisa, 63% dos passageiros entrevistados que utilizam o corredor Norte-Sul e 55% do Leste-Oeste avaliam que a lotação dos veículos continua da mesma forma ou pior do que era antes de 2014, quando o serviço de BRT começou a funcionar.
A situação também não apresentou melhora aos fins de semana e à noite, de acordo com 51% do passageiros do Norte-Sul e 35% do Leste-Oeste. Para 86% dos entrevistados da linha Norte-Sul e 55% do Leste-Oeste, a segurança pública está igual, pior ou muito pior do que antes.
Os dados apontam que, apesar das críticas, 78% dos usuários do corredor Norte-Sul e 84% do Leste-Oeste consideram que, no geral, o sistema melhorou em relação ao que era oferecido anteriormente.

O ITDP é uma entidade sem fins lucrativos que pretende promover um transporte sustentável no mundo. Fundado em 1985, o instituto ainda tem como preocupação a redução das emissões de carbono, as colisões de trânsito e a desigualdade social. No Brasil, ele está presente em São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Sorocaba e Uberlândia.
Para o coordenador de Transportes Públicos, Gabriel Oliveira, o impacto de tais pontos poderia ser minimizado com soluções básicas e fáceis como garantir o corredor exclusivo para o BRT. “Qual a confiança que eu tenho no BRT se tenho invasão de faixa o tempo todo? Tem canaleta do Norte-Sul que tem moto entrando, que tem carro entrando. Às vezes, de uma forma até perigosa. Tem que ter uma fiscalização eletrônica, canaleta fechada. São questões simples de fazer”, pontuou.

Na prática, as medidas resultariam, por exemplo, numa melhor distribuição do tempo da frota e, por consequência, uma diminuição na lotação dos coletivos. “O número de veículos está adequado, mas, às vezes, você não consegue cumprir a demanda porque tem uma série de carros, de obstáculos, entrando na faixa que seria exclusiva dos BRTs”, completou.
A instalação de circuito interno e a presença de guardas municipais estão entre as medidas propostas pela pesquisa para reduzir a insegurança e a evasão de usuários que não pagam a passagem, mas utilizam o serviço.

Segundo a coordenadora de Políticas Públicas, Letícia Bortolon, o objetivo da pesquisa foi analisar o impacto que o sistema de BRT teve na vida dos usuários. “O desenho da operação está dado, mas o transporte acaba encontrando coisas no dia a dia que impactam nesse serviço. Nós temos apenas 1,33% de vias prioritárias no sistema viário como um todo no Recife. Antes de chegar na capital, a velocidade média do BRT é de 20 quilômetros por hora. Quando entra no centro, ela passa para 4 quilômetros por hora”, destacou.
De acordo com os pesquisadores, os dados já foram apresentados para órgãos públicos, como o Grande Recife Consórcio de Transportes, a Autarquia de Trânsito e Transporte do Recife (CTTU), a Secretaria das Cidades e o Instituto Pelópidas Silveira.
“Demos as sugestões e muitas delas eles garantiram que já estavam cuidando. Entregamos para entidades da sociedade civil organizada para que, além dela se apropriar da pesquisa, também possa cobrar os órgãos públicos”, finalizou Gabriel Oliveira.
Respostas
De acordo com o diretor de Operações do Grande Recife Consórcio de Transporte, André Melibeu, o trabalho do ITDP foi feito em parceria com o órgão e, durante o período de pesquisa, o órgão não identificou a superlotação mencionada pelos passageiros. O aumento da frota, segundo ele, implicaria num aumento de tarifa para quem usa o transporte público.
"Em horários de pico, o limite aceitável é de seis passageiros por metro quadrado. O nível de conforto não é bom, o ideal é que todos os passageiros fossem sentados, mas esse número é específico para que não haja aumento de custos e, consequentemente, aumento da tarifa", explicou.
Ainda segundo Melibeu, houve um incremento no número de veículos que trafegam no corredor Leste/Oeste. "Através de fiscalizações presenciais, percebemos que havia necessidade de aumento da frota em quatro linhas e já fizemos esse acréscimo", contou.

Procurada pelo G1, a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco esclareceu, por meio da Polícia Militar, que cada batalhão responsável pelas áreas onde existem estações de BRT faz rondas pontuais nos terminais. De acordo com a nota encaminhada à reportagem, o mês de outubro teve 65 registros de assaltos a ônibus na Região Metropolitana do Recife, menor número mensal em 2017. Em outubro de 2016, foram registrados 107 assaltos a coletivos na mesma região.

Fonte: G1 PE

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Igarassu realiza Festival de Teatro


A Cidade de Igarassu realizará de 05 a 10 de dezembro a 8º edição do Festival de Teatro (Festig) que tem como objetivo divulgar a produção teatral realizada na cidade e no Estado de Pernambuco, assim como no País.
Os espetáculos são gratuitos e acontecem em diversos locais da cidade, voltado ao público adulto e infantil.
O evento é uma realização do Grupo Teatral Ariano Suassuna - GAS.

Programação completa no Blog.


Dia / Horário
Espetáculo
Categoria
Local
05/12
09h e 14h

Sol Lá no Picadeiro - Intervenção de Palhaçaria
Cia 2 em cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Escola Ana Bandeira de Menezes - Marco de Pedra
05/12
10:30h


Sol Lá no Picadeiro - Intervenção de Palhaçaria
Cia 2 em Cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Escola Caminhos do Semeador - Marco de Pedra
05/12
19h
A Mandrágora
Galharufas Produções
 Olinda / PE

Teatro Adulto

Centro de Artes e Cultura Mestre Narciso Félix de Araújo
06/12
09h

Sol Lá no Picadeiro - Intervenção de Palhaçaria
Cia 2 em Cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Escola Irineu Marques da Fonseca - Três Ladeiras
06/12
10:30h

Sol Lá no Picadeiro - Intervenção de Palhaçaria
Cia 2 em Cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Escola Evangelina Delgado de Albuquerque - Três Ladeiras
06/12
15h

Do Vestido ao Nariz
Cia 2 em Cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

07/12
15h

História de uma viagem para se encantar
Cia 2 em Cena
Recife / PE

Teatro Infantil

Centro de Artes e Cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

06/12
18h

Chetuá - Transição do vaqueiro do Sertão com o boiadeiro da Jurema sagrada
Cia Riacho de Pedra
Olinda / PE

Teatro de Rua
Em frente ao Centro de Artes e Cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

06/12
19h

25 Anos de Muganga
MC Produções – Camaragiebe/PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo
07/12
19h

Diário de um Louco
Companhia Haja Teatro
Recife / PE


Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

08/12
19h

Somos todos do jardim da infância
Núcleo de Pesquisa Cênica Pernambuco
Vitória de Santo Antão / PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

08/12
20:30h
Figurinos e poesia
Carlos Amorim
Recife / PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo - 20:30h

09/12
16h

Sonhos do Palhaço Nuneco
Grupo Ciarte e Cartola Produções - Caruaru/PE

Teatro de Rua
Em frente ao Ginásio Jota Raposo

09/12
19h
Bruta Flor
Cia experimental Vitória
Vitória de Santo Antão / PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

09/12
20:30h
O Espírito do meu Marido
Cia Ato Ação de Aratuba
Aratuba / CE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo

10/12
19h

Ganga meu Ganga – O Rei
Grupo Teatral Ariano Suassuna Igarassu / PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo
10/12
20:30h
Show de Humor
Rubens Santos
Igarassu / PE

Teatro Adulto
Centro de artes e cultura Mestre Narciso Félix de Araújo





sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

IFPE seleciona profissionais para campus Igarassu


Campus Igarassu do IFPE possui vagas para professores e funcionários administrativos (Foto: Carlos Domingos/IFPE/Divulgação)Campus Igarassu do IFPE possui vagas para professores e funcionários administrativos (Foto: Carlos Domingos/IFPE/Divulgação)
Campus Igarassu do IFPE possui vagas para professores e funcionários administrativos (Foto: Carlos Domingos/IFPE/Divulgação)
O Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) recebe inscrições em um processo seletivo para contratar professores dos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), no campus Igarassu da instituição, no Grande Recife. Também há vagas para funcionários de cargos de apoio administrativo e acadêmico em Igarassu e nas unidades descentralizadas de Itambé e Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco. As inscrições podem ser feitas na internet até terça-feira (5).Confira aqui o edital para a seleção de professor (Campus Igarassu)Veja o edital para a seleção de funcionários de apoio administrativo e acadêmico (Campus Igarassu)Acesse aqui o edital para a seleção de funcionários de apoio administrativo e acadêmico (Unidade Goiana)São oferecidas 12 vagas para a função de professor dos cursos de Formação Inicial e Continuada. Os candidatos precisam ter, no mínimo, ensino superior completo nas áreas delimitadas pelo edital, além de disponibilidade para uma carga de trabalho de até 16 horas semanais. A remuneração é de R$ 50 por hora-aula.Os candidatos aos cargos administrativos, por sua vez, precisam ter o ensino médio completo. A remuneração é de R$ 18 por hora trabalhada e a carga máxima de trabalho é de 10 horas semanais. Há, ao todo, quatro vagas disponibilizadas nessa modalidade. Para os dois cargos, a seleção acontece por meio de análise curricular.
Fonte: G1 PE